Outono

Um toque de frio na noite de Outono —
Dei uma volta lá por fora
E vi a lua vermelha debruçada sobre uma sebe
Tal um fazendeiro de rosto corado.
Não parei para lhe falar, mas acenei com a cabeça.
Em redor dispunham-se as estrelas melancólicas,
Os rostos brancos como crianças da cidade.

T. E. Hulme, Inglaterra (n. 1883), tradução de Soledade Santos

————————————————————-

Autumn

A touch of cold in the Autumn night—
I walked abroad,
And saw the ruddy moon lean over a hedge
Like a red-faced farmer.
I did not stop to speak, but nodded,
And round about were the wistful stars
With white faces like town children.

T. E. Hulme

Anúncios

2 comentários a “Outono

Os comentários estão fechados.