Pato de Inverno

Em cima da água gelada
o patito escorregava.

Em cima da água dura,
o patito da laguna.

Em cima da água fria
o patito silva que silva.

Silva que silva escorregava
e em vez de chorar silvava.

José Angel Valente, Espanha, 1929-2000, traduzido por Nuno Dempster.

Pato de Inverno

Por encima del agua helada
el patito se resbalaba.

Por encima del agua dura,
el patito de la laguna.

Por encima del agua fría,
el patito silba que silba.

Silba que silba se resbalaba
y en vez de llorar silbaba.

José Angel Valente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s