KNOX (2)

(Segunda parte para “Johnny Lad”)

no pub
    onde as cem mulheres mais rápidas de Glasgow vão
à caça de  americanos
    arredondo com a mão os seios da minha namorada.
Rápido como um raio o homem do balcão avança  e diz-me:
    “Tire a mão daí, amigo. Este bar é um sítio público.”

    Oh Knox esse foi um mau homem
    dividiu a opinião escocesa.
    Uma parte fê-la  cruel
    e a outra grosseira.
Quanto a ti, quanto a ti, quanto a ti, Jesus, velho rapaz,
tira os cravos dos pés para dançar, e experimenta e sê mais
                                                     [alegre.

Alan Jackson, Escócia (n.1938), tradução de Nuno Dempster.

Ligações: Knox, Alan Jackson.
Nota:Johnny Lad” é uma canção tradicional escocesa, cuja letra os bebedores nos pubs costumam alterar.

Continuar a ler