When you are old…

Quando fores velha, cheia brancas e de sono,
E, cabeceando à lareira, pegares neste livro,
Lê-o devagar, e sonha com o olhar doce
Que os teus olhos tinham e suas fundas sombras.

Muitos te amaram os momentos de suave graça,
Amando em verdade ou com falso amor a tua beleza,
Mas um só amou em ti a alma peregrina,
Amando as mágoas do teu mutável rosto;

E, pendendo a cabeça para as brasas vivas,
Murmura, um pouco triste, que o Amor se foi
E caminhou pelas montanhas acima
E a face escondeu num mar de estrelas.

William B utler Yeats, Irlanda, 1865-1939, Traduzido por Nuno Dempster.

When you are old

When you are old and grey and full of sleep,
And nodding by the fire, take down this book,
And slowly read, and dream of the soft look
Your eyes had once, and of their shadows deep;

How many loved your moments of glad grace,
And loved your beauty with love false or true,
But one man loved the pilgrim soul in you,
And loved the sorrows of your changing face;

And bending down beside the glowing bars,
Murmur, a little sadly, how Love fled
And paced upon the mountains overhead
And hid his face amid a crowd of stars.

William Butler Yeats

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s